MEDIAR, instituição de direito privado, destinada a administrar conflitos e controvérsias, relativas a direitos patrimoniais disponíveis, com fundamento na Lei de Arbitragem e demais normativas, tratados e convenções, e para tanto, utilizamos os seguintes métodos:
Conciliação, as pessoas envolvidas em um conflito recebem a ajuda de uma pessoa que está fora do problema, responsável por indicar maneiras de resolver a situação. Essa alternativa é utilizada nos casos onde o importante é chegar a um o acordo.
Mediação é indicada para os casos onde o acordo não é o que mais importa, mas sim a relação entre as pessoas, nesses casos os envolvidos devem encontrar juntas a solução para o problema.
Arbitragem é utilizada quando as pessoas envolvidas em um conflito não aceitam as propostas de acordo e não conseguem encontrar juntas uma solução, então preferem que uma terceira pessoa decida a situação. Esta prática é regulamentada pela Lei 9.307/96.
Quem pode utilizar a Câmara: Empresas, Instituições da Sociedade Civil, Administração Pública e Pessoas Físicas.